Arquivos do Mês: fevereiro 2018

Aprenda a cantar em hebraico em 5 minutos

Quem me conhece sabe que minhas músicas preferidas são em hebraico, e também sabem o quão animada eu fico dançando e cantando “raspando” a garganta com esse idioma tão lindo e diferente 😅 Várias pessoas já pediram para que ensine algumas músicas, assim, resolvi transliterar um dos sucessos de Israel,  “3 טרמינל” (Terminal 3) de “דודו אהרון” (Dudu Aharon).

É muito simples, no vídeo temos as legendas em hebraico, abaixo a letra transliterada para o português, ou seja, como é o som que devemos formar para cantar, e no final a tradução.

Agora é só acompanhar o vídeo e cantar. !בהצלחה (Boa Sorte!)

Terminal 3 – Dudu Aharon

 

Metuka, oi, kama at yafa, ha’yarearri kan mi’mul

Tavini po lo Istanbul, kan mutar ha’kol bli gvul

Verso

Voi natus le’rrul, tsarri tiul, taguidi ma at omeret

Terminal shalosh tofsim kvar rosh, mi tsarri po rakevet

Ken, ani rotse ve’at rotsa, latus gavoa drom amerika, oi amerika

Coro

Metuka, oi, kama at yafa, ha’yarearri kan mi’mul

Tavini po lo Istanbul, kan mutar ha’kol bli gvul

Kama at osa tov ba’neshama, ah eizo ahava

Ha’laila merrayer kshe’at iti

Katuv li al ha’metsar she’ani meohav bar ba’teruf

Ve’lo ve’lo asit kishuf, oh metuka

Verso

Voi nikar sira u’begued yam, nashut me’ever la’ofek

Nizarek ba’rrol im alkohol, be’rrayai ala li ha’dofek

Ken, ani rotse ve’at rotsa lajlom be’sfaradit amerika, oi amerika

Coro

Metuka, oi, kama at yafa, ha’yarearri kan mi’mul

Tavini po lo Istanbul, kan mutar ha’kol bli gvul

Kama at osa tov ba’neshama, ah eizo ahava

Ha’laila merrayer kshe’at iti

Katuv li al ha’metsar she’ani meohav bar ba’teruf

Ve’lo ve’lo asit kishuf, oh metuka

 

Tradução

 

Nós vamos viajar para fora do país (de Israel), precisamos de uma viagem, me diga o que você acha

No terminal número 3 (aeroporto) já estamos entusiasmados, quem precisa de um trem aqui?

Sim, eu quero e você quer voar alto para a América do Sul, oh América

Coro

Doçura, oh, quão linda você é, a lua aqui na nossa frente

Compreenda, aqui não é Istambul, aqui tudo é permitido

Quão bom você faz a minha alma, ah, que amor!

A noite sorri quando você está comigo

Eu escrevi na minha testa que estou loucamente apaixonado por você

E não, você não fez um feitiço, oh doçura

Verso

Vamos pegar um barco e uma roupa de banho, andar acima do horizonte

Nós nos jogaremos na areia, eu juro que meu batimento aumentou

Sim, eu quero e você quer sonhar em espanhol, América, oh América

 

Tali Sara


                        
                    

Quer boicotar Israel?

Hoje tirei o dia para convidar algumas pessoas para uma viagem a Israel, e fui surpreendida com a resposta de uma pessoa, (diga-se de passagem “cristã”) ao meu convite: – Israel? Eu odeio Israel e tudo o que vem de lá! Jamais na minha vida pisarei naquele país e não quero nada do que vem deles. Gentilmente sorri e pensei, como pode uma pessoa tão culta falar isso.

Essa não foi a primeira vez que ouvi essas palavras e também não será a última. Então resolvi ajudar a essas pessoas que odeiam o país e sentem o desejo de boicotar Israel. Afinal, se querem fazer, que façam bem feito!

Vamos começar! Para você que os odeia, aqui está uma lista de produtos e serviços que precisa abandonar com urgência se você não quer usar nada que vem de Israel ou dos judeus:

  • Primeiro, exclua sua conta no Facebook, afinal, o criador da maior rede social do mundo é judeu.
  • Remova todos os processadores Intel Pentium e Celeron de computadores pessoais, já que estes foram desenvolvidos e fabricados em Israel.
  • Se você tem algum computador que executa o sistema operacional Windows XT deve ser desligado imediatamente, pois isso foi criado em Israel.
  • Desinstale seu software anti-vírus, já que a tecnologia se originou lá.
  • Volte a usar mapas, pois o GPS e Waze também foram desenvolvidos no país.
  • Nunca mais envie e-mails, pois o algoritmo (código) usado hoje para enviar e-mails foi feito por um israelense em 1980.
  • Volte a escrever cartas, pois o Whatsapp e Messenger são tecnologias criadas no país.
  • Descarte todos os celulares, já que esta tecnologia foi desenvolvida em Israel, onde os primeiros telefones móveis foram fabricados.
  • Enviar SMS? Esqueça! É expressamente proibido, já que esta facilidade foi desenvolvida em Israel.
  • Nenhum dispositivo 4G pode ser usado, pois o chipset é israelense.
  •  Desligue seu serviço de Correio de Voz e exclua todas as mensagens gravadas. As empresas israelenses inventaram esse útil serviço.
  • Não coma tomate cereja, pois foram desenvolvidas em Israel.
  •  Não use nenhum cartão de crédito ou débito, pois o sistema de monitoramento de segurança usado pelas empresas de cartão de crédito provavelmente será israelense.
  • Jogue fora seus pendrives, pois também foram criados por uma companhia israelita.
  • Você gosta da premiada série Homeland? Pois deixe de assistir imediatamente, pois foi escrita em Israel.
  • Pare de usar o depilador elétrico, o mesmo foi inventado em 1986 por um judeu.
  • Por favor, todos os amantes do ambiente, não usem eletricidade produzida pela energia solar, já que isso também foi desenvolvida por empresas israelenses.
  • Não compre e nem consuma nada das seguintes marcas, pois são gerenciadas por judeus ou feitas em Israel:
    Essas empresas apoiam Israel
  • Quando comprar um produto, verifique o código de barras, os milhares produtos usados por nós e que são fabricados em Israel vêm com números de código de barras “729” ou “500”. 

    Produtos fabricados em Israel vem com números de código de barras “729” ou “500”

Em caso de doenças como:

  • Câncer – não tome nenhuma forma de medicação ou tratamento. Cientistas israelenses têm trabalhado na vanguarda da oncologia há décadas.
  • Destrua todos os medicamentos que você tem em casa. A Teva Pharmaceuticals de Israel, a maior empresa de medicamentos genéricos do mundo, com certeza fabricou alguns dos que você tem na cabeceira da sua cama.
  • AIDS e HIV – cuidado; Pesquisadores do Instituto Weizmann de Israel ou da Universidade Hebraica desenvolveram ou melhoraram as drogas baseadas em AZT e hipericina; eles também desenvolveram um tratamento que destrói as células infectadas pelo HIV sem danificar as saudáveis.
  • Parkinson – remova o marcapasso cerebral iniciado por Israel para parar os tremores.
  • As alergias cutâneas devem ser tratadas apenas com cremes de esteróides, uma vez que a nova alternativa não esteróide mais segura é israelense.
  • Certifique-se de que qualquer colonoscopia ou investigação gastronômica não use câmeras internas israelenses, como a Pillcam.
  •  Nunca se submeta a uma cirurgia para instalar um coração artificial, já que o primeiro transplante de coração artificial ocorreu em Israel.
  • Quando precisar de um exame, certifique-se de que todos os raios-X carregam um risco de radiação, já que o único sistema sem radiação é israelense.

O último e mais importante:

  • Você precisará parar de ler a Bíblia, afinal, os maiores autores e personagens viveram na Terra Santa.

Você que se diz inimigo de Israel, quantas horas você conseguiria viver longe desses produtos citados acima? Ou você boicota ou não. Não há desculpas que um certo produto israelense é importante e outro não.

Todos os dias ouvimos pessoas e nações a gritar “Vamos boicotar Israel, boicotar produtos israelenses, etc.”, mas será que elas realmente sabem o quanto se prejudicam por boicotar a única democracia no Oriente Médio? Será que todas essas pessoas realmente percebem que suas vidas pereceriam sem produtos ou inovações israelenses? Eu acredito que eles são tão ignorantes com esse ódio e ciúme em relação nação sagrada que anulam todo o intelecto que podem ou não ter.

 

Tali Sara

 

 

 

 

 

Por que devemos visitar a Terra Santa?

Por que todos os cristãos devem visitar esse destino fabuloso?

A Terra Santa é onde tudo começou; A terra em que Abraão começou a andar em Ur, a terra que Deus prometeu a Abraão e seus descendentes. Foi nesse lugar que o monoteísmo começou e aonde moraram Isaque, Jacó e Sara. Esta é a terra que todos os exércitos e as nações, por gerações, aspiravam a conquistar e controlar, a terra onde Davi triunfou sobre Golias e onde Salomão construiu seu templo.

Mas acima de tudo, os cristãos precisam pisar nesse lugar porque foi aí que Jesus nasceu, foi crucificado e ressuscitado. Somente na Terra Santa você poderá andar onde Nosso Salvador andou, seguir Seus passos, ver e sentir os lugares onde os discípulos caminharam, aonde Jesus eternizou os seus milagres e o lugar onde foi pregado na cruz para perdoar os pecados de toda a humanidade.

Uma coisa é estudar a Bíblia quando você está a 10.000 quilômetros de distância, mas é completamente diferente a experiência de fazê-lo quando se está na Terra Santa. O texto realmente ganha vida quando você lê o Sermão da Montanha enquanto está de pé no Monte das Bem-aventuranças; Da mesma forma, é uma coisa ler sobre o Túmulo vazio, mas uma experiência completamente diferente ao entrar e ver o túmulo com seus próprios olhos. É somente em Israel que a Bíblia realmente ganha vida, em plena glória da tecnicolor tridimensional.

Muitos falam que pisar em Israel é a mudança de vida, e posso afirmar isso. A Terra Santa tem a capacidade de nos nutrir apenas com a inspiração. Há muitos destinos em todo o mundo para desfrutar, mas afirmo que todo cristão têm que ir, ver, sentir, andar e orar onde Jesus viveu, ensinou, morreu e ressuscitou de entre os mortos.

Minhas viagens a Terra Santa sempre estarão em primeiro na minha lista de viagens favoritas. Afinal, Israel não é apenas culturalmente rico, mas suas paredes e ruínas contam histórias sem fim. Pense nos contrastes ousados e evidentes na geografia de Israel – os picos e vales, os desertos e as montanhas, as ricas áreas férteis no norte e a paisagem árida e rochosa do sul, o ponto mais baixo na superfície da Terra é o Mar Morto. Um país em que um poderia estar sufocando no calor do Mar Morto enquanto outro contempla a montanha coberta de neve de Hermon.

 

Tali Sara

Copyrights © 2017 - Todos os Direitos Reservados. | UpOne Soluções Inteligentes