Category Archives: Sem categoria

Brasileiros precisam de visto para visitar Israel?

Nesse post quero esclarecer uma pergunta que  me fazem todos os dias (todos os dias mesmo),  ” – Preciso de visto para entrar em Israel? ” A resposta é simples, NÃO. A única coisa que você vai precisar na Terra Santa (além do seu passaporte) é o Israel Border Control (Controle de fronteira de Israel), documento esse que recebemos quando entramos em Israel, seja essa entrada pelo aeroporto Ben Gurion, bem como nas três passagens de fronteira entre a Jordânia e Israel, na ponte King Allenby, Sheikh Hussein e Wadi Arava, e a passagem de Taba para o Egito.

Como funciona? Bom, vamos começar pela segurança na chegada do país.

Ahh, a famosa segurança israelense. Altamente considerada o modelo para muitos dos centros de viagens do mundo. Mas também pode intimidar quando experimentada pela primeira vez!

Mas isso é normal né, afinal, a segurança na maioria das fronteiras em todo o mundo tornou-se mais rigorosa nos últimos tempos. Apenas um sinal dos tempos em que vivemos, infelizmente. No entanto, em Israel a segurança é apenas um pouco mais intensa e completa. Infelizmente, essa adesão estrita à segurança também pode parecer às vezes rude e arrogante e deixar uma impressão menos brilhante. Mas, na maioria das vezes, o pessoal de imigração é amigável e cortês, por isso, se você se deparar com um “mal humorado”, não deixe que isso estrague sua experiência da Terra Santa.

Como já comentei em um post passado, já tive experiência entrando sozinha em Israel, e outras vezes em grupo. E posso afirmar que em grupo é bem mais tranquilo do que individual.

Em qualquer ponto de acesso a Israel dos citados acima, você será recebido com várias perguntas, ah, e não se preocupe com o idioma, no aeroporto sempre tem atendentes que falam vários.

Então, que perguntas eles farão?
Primeiro, se você tem um nome que parece muçulmano, ou tem vistos de países islâmicos em seu passaporte, é provável que você enfrente uma dura rodada de questionamentos. Você provavelmente já estava ciente disso … E não se irrite – esses caras da imigração estão apenas fazendo o seu trabalho!

Solteiros que viajam sozinhos também podem atrair muitas perguntas, (como foi o meu problema na primeira viagem) mas se você tiver um amigo com você, o questionamento deve ser menos intensivo. Casais são tratados como sendo menos “suspeitos” do que viajantes solitários. Em grupo é bem mais fácil e com poucas perguntas. Se você viajou a Israel recentemente em uma ocasião anterior, pode ser perguntado por que escolheu voltar tão cedo. Quanto mais você for a Israel, mais desconfiado você pode parecer para os funcionários, então você pode ser interrogado por um longo período em viagens freqüentes. Ou seja, sempre serei interrogada rsrs.

Certamente será solicitado para os detalhes de onde você pretende ficar. Se você estiver indo para um hotel ou pousada, talvez seja necessário mostrar sua confirmação de reserva. E se você estiver indo para um amigo ou família, talvez seja necessário fornecer a história de vida do amigo / família em questão. Algumas das perguntas também podem parecer totalmente irrelevantes, como “Qual o nome da escola que você frequentou quando criança?”, e elas podem ser solicitadas repetidamente por pessoas diferentes. Mas o objetivo aqui é ver se você é consistente com sua história e não está tropeçando ou inventando respostas. Sua linguagem corporal também será cuidadosamente examinada.

Depois de passar esses minutos com a segurança, você receberá o famoso Israel Border Control (Controle de fronteira de Israel), esse pequeno visto é impresso na hora e você tem a opção de colar em seu passaporte ou apenas carregá-lo consigo até a sua partida de Israel, isso acontece porque Israel não mantém relações com a maioria dos países do Oriente Médio, por isso seria prejudicial aos turistas que visitam o país terem seus passaportes carimbados – poderiam ter problemas pra entrar em outros destinos da região futuramente.

 

Meus “vistos” de Israel

 

Israel Border Control

 

E só para você saber, não é só na entrada que você passa por isso não, quando sair de Israel, uma enxurrada de questionamentos também poderá ocorrer novamente, se você sair pelo aeroporto, terá um pequeno computador a sua frente com as perguntas em português, e você apenas seleciona as respostas na tela, isso frente a um funcionário do aeroporto… Adicione uma hora extra ao seu horário de check-in se estiver preocupado em não ter tempo de conhecer as lojas Duty-free, que valem muito a pena visitar em Israel por serem consideradas umas das melhores em questão a preço.

Para finalizar a minha dica é;Seja honesto, seja honesto, seja honesto! Se você é um turista genuíno, então relaxe, você não tem absolutamente nada com que se preocupar e só terá boas histórias para contar.

 

Tali Sara

 

Copyrights © 2017 - Todos os Direitos Reservados. | UpOne Soluções Inteligentes